O que é uma Igreja Batista? – Artigo escrito pelo Pastor Walter Kaschell

Este artigo será publicado como se fosse uma imagem ou uma foto, pois a Igreja Batista de Rio Novo foi como centro polarisador desta Comunidade e já foi mencionada por diversas vezes neste Blog e em outras ocasiões poderemos publicar mais informações sobre o funcionamento prático da Igreja Batista Leta do Rio Novo e de seus Departamentos.
Esperamos assim esclarecer aos nossos queridos leitores.

O que é uma Igreja Batista?

Walter Kaschel

Uma igreja batista, ou igreja do Novo Testamento é uma instituição de origem divina, constituída de pessoas regeneradas e batizadas, que voluntariamente se congregam em determinado lugar, de acordo com as leis de Cristo, a fim de estabelecer o Reino de Deus em suas próprias vidas e no mundo.

A legislação de Cristo para as suas igrejas se encontra nas páginas seculares do Novo Testamento. Todas as doutrinas batistas, tanto as concernentes à igreja como aos demais capítulos da teologia, se baseiam na suficiência e autoridade única e exclusiva das Escrituras Sagradas como regra de fé e prática.

A admissão a uma igreja batista só se processa mediante a satisfação de um pré-requisito essencial, qual seja a regeneração e conversão da pessoa, evidenciadas exteriormente pelo amor cristão, humildade, honestidade, pureza, benignidade e amor fraternal. Tal modo de proceder do crente regenerado, caracterizado no Novo Testamento pela frase “andar em novidade de vida”, se constitui, outrossim, condição sine qua non da permanência do mesmo no seio da igreja. Ao transgressor é oferecida oportunidade de retorno à grei, mas se persiste no pecado e no erro, a igreja desliga-lhe o nome de seu rol de membros. Tal disciplina é indispensável à manutenção da pureza evangélica da igreja.

A filiação a uma igreja batista não é hereditária nem compulsória. “Afirmamos que os católicos romanos têm direito de ser católicos romanos, os judeus de seguir o judaísmo, e até os ateus de professarem o ateísmo, contanto que ninguém ouse inculcar seus pontos de vista sobre outros cidadãos por meio da perseguição ou da coerção do medo” (Gordon Palmer). Batemo-nos, por conseguinte, pela liberdade da consciência individual, pela liberdade de culto, pela liberdade de palavra, e pela liberdade da propagação persuasória e pacífica dos princípios de qualquer seita religiosa; e, visto como cremos sinceramente estar de posse da verdade, caracterizamo-nos por um zelo evangelístico e missionário peculiar. Estes fatos todos nos levam a proclamar a absoluta a total separação entre as igrejas e o Estado, o que resulta na independência de ambos essas instituições. As igrejas batistas não oneram o erário público, mas são sustentadas pelas ofertas voluntárias dos fiéis.

Em nossas igrejas o ministro não asperge crianças irresponsáveis, nem tão pouco, acreditamos que o rito e a água batismal tenham qualquer valor sacramental em si mesmos. De acordo com a própria etimologia do termo batismo e segundo o ensino claro e patente do Novo Testamento, nós batizamos ou imergimos em água o crente que voluntariamente resolve seguir a Cristo. Tal cerimônia é meramente simbólica, e não tem nenhum valor para a salvação da alma.

A Bíblia ensina a doutrina de duas classes de oficiais na vida das igrejas, a saber, pastores e diáconos. Ao pastor, que também recebe no Novo Testamento as designações de ministro, bispo e presbítero, cabe pregar o Evangelho, administrar as ordenanças e cuidar do seu rebanho. Os diáconos auxiliam o pastor, principalmente na administração das coisas materiais da igreja. Nem os pastores nem os diáconos são mediadores ou intermediários entre Deus e os crentes, porque, no dizer do Apóstolo Paulo, “há um só Deus, e um só mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem, que, se deu a si mesmo em resgate por todos” (1Tm 2.5,6).

Quanto à fonte da autoridade, nosso regime é o da monarquia absoluta; cada igreja, se bem que possa e deva cooperar com as suas congêneres, é unicamente responsável perante Cristo, nosso Senhor e Rei, a quem prestamos obediência e culto de louvor e adoração. Quanto à interpretação e cumprimento da vontade de Cristo, expressos nas Escrituras, inspiradas pelo Espírito Santo, somos uma democracia absoluta. Em nosso meio não há vestígio sequer de hierarquia; oficiais e membros da igreja estão em pé de igualdade, quanto a direitos e deveres comuns, ressalvando-se naturalmente os referentes aos diversos cargos eletivos. Cada membro tem o direito de através do voto direto, manifestar a sua opinião nas eleições, no governo e na disciplina da igreja.

Nosso culto prima pela simplicidade neotestamentária, constando de cânticos de hinos, orações, leituras bíblicas e pregação do Evangelho.
Entendemos que as duas ordenanças, o batismo e a ceia do Senhor são ritos simbólicos, sem valor em si mesmos para operar a salvação, estabelecidos por Cristo como memoriais visíveis da graça do Evangelho, manifestada, de um lado, na morte e ressurreição de Cristo, e de outro, na morte do crente para as coisas más deste mundo e sua ressurreição espiritual, para andar em novidade de vida.

À vista do que foi dito, ninguém pense encontrar perfeição em uma igreja batista. Sujeitos, como humanos, às fraquezas da carne e do velho homem, muitas vezes pecamos e caímos. Entretanto, em sinceridade de coração, soerguemo-nos e caminhamos sempre em busca da santificação de nossas vidas e da implantação do Reino de Deus na terra.

Anúncios

Tomar uma colher grande (de comer) cada vez que perceber que vai ficar mal… De Luzija Purim para Reynaldo Purim- 1925

[Carta sem indicação do ano]

Rodeio do Assucar 18 de Junho

Saudações! Querido Irmãozinho!!

Agora nós não temos recebido nenhuma carta sua. A última sua foi escrita em 16 de maio e para essa, já mandei a resposta na semana passada e é possível que esta noite você já esteja lendo..

Este remédio você deverá utilizar assim: Introduzir o mesmo em uma garrafa e despejar cachaça ou pinga até cobrir e quando ficar curtido, então pode passar para outra vasilha para ser usado (tomar) e pode ser repetida a operação mais uma vez. Também pode ser feito em forma de chá, mas no chá o efeito não é tão eficiente porquê ela não libera todos os seus componentes. O famoso Kneipp receita este remédio para cólicas do estômago este chá fervido em leite quente. A Senhora Klavin tem tomado sempre. E quando nota que vai ficar ruim, ela toma uma colher de chá e em condições que as cólicas se apresentam muito fortes são colocadas compressas de água quente no peito. A senhora Klavin não está inteiramente curada, pois quando ela pega algum peso ela fica ruim de novo, mas ela ai vai direto tomar o seu remédio e agora ela esta mais branca e mais gorda do que antes.
Você mesmo poderia preparar este remédio e dar pronto, pois seria melhor, pois aos brasileiros é difícil convencê-los, eles tomam um dia e noutro dia já querem estar curados. Você não precisa encher demais a garrafa, pois o remédio é muito forte. A Senhora Klavim também tomava chá de Camomila e lá se não tiver a natural poderá comprar a Tintura de Camomila que é feita da planta mesmo.

Hoje veio uma chuva muito forte. A semana passada estava tempo bom e muito frio. No sábado e no Domingo caíram grandes geadas. A vegetação está toda morta, tudo cinza. O gado não tem mais nada o que comer e está emagrecendo.

Bem, terei que finalizar e tudo que eu queria eu já escrevi e sobre outros assuntos eu não vou escrever desta vez. Quando receber a resposta desta vou escrever outra vez, porque as minhas mãos e os pés estão congelados então é melhor ir dormir e se amanhã tiver parado de chover então eu irei para a cidade.

Por que este ano não estás mandando mais os jornais? Como estão as coisas por lá?

Está fazendo muito frio por lá? Aquele Arturs Dimbergs de Riga esteve também na sua escola? Ele gostou do Brasil? Li no “Kristiga Balss” [Kristiga Balss = A Voz do Cristão] que ele viria logo para o Brasil e agora estou ouvindo informações que ele já estaria por aqui.

Aceite muitas e amáveis lembranças de todos de casa.
Luzija

[Escrito na lateral por minha avó Lisete Rose Purim]

Tomar uma colher grande (de comer) cada vez que perceber que vai ficar mal e colocar panos quentes sobre o peito.

Nós te saudamos em Nome do Nosso Senhor Jesús Cristo…….| De Jehkabs Purens para Reynaldo Purim -1925 –

[Carta do Tio Jekabs Purens para Reynaldo Purim sem indicação do ano, mas pelo contexto parece ser de 1925].

Nova Odessa, 20ºdia de junho

Querido Reinhold. Nós sinceramente te saudamos em nome do Nosso Senhor Jesus Cristo e que a Paz esteja convosco e abençoe a quem te abençoa e se alegre aquele que te faz alegre e feliz se torne àquele que te faz feliz. E aquele que te entristece que o mesmo seja entristecido.

A tua carta que você escreveu no dia 20 de maio não tive oportunidade de responder imediatamente porquê naquela semana chegaram uma enchente de cartas. Algumas da Letônia na Europa, também do Rio Grande do Sul e ainda da Colônia Varpa. Então depois de acumuladas comecei a responder por ordem de chegada e agora esta noite chegou à vez de responder a sua carta.

Você quer saber sobre aquela medida agrária usada aqui que é o Alqueire. Essa medida aqui é calculada assim: um terreno com 100 metros de largura e 200 metros de comprimento (fundos). E se o terreno for quadrangular então cada face deverá ter 150 metros. Este é o alqueire usado aqui.

Você quer saber qual é o custo do arrendamento, então é assim: por cada alqueire custa 118 mil réis e como nós temos 9 alqueires custa no total uma quantia de 1.062 mil réis por ano. Você ainda pergunta se neste terreno existem casa ou alguma habitação. Não, não existe nenhuma, queremos nós mesmos trazer os tijolos e construir porquê isto nós sabemos bem.

Então ainda você pergunta se nós gostamos da vida aqui no Brasil. Sim. Até agora estou muito satisfeito e para mim como pessoa de idade o calor daqui é realmente agradável e agora estamos muitos bem, todos com boa saúde, podemos trabalhar e neste verão passado temos ganho dinheiro, mais de um conto de réis e ainda no pagamento muitas peças (pedaços) de tecidos, também os patrões, donos das lavouras onde os meus familiares trabalharam deram 1/2 alqueire para que nós plantássemos para o consumo próprio, então plantamos arroz e milho e agora no outono colhemos o suficiente para passar até o próximo ano. Então eu levantei os meus olhos e minhas mãos para o céu agradecendo ao Pai do Nosso Senhor Jesus Cristo pela sua infinita misericórdia que aos tristes ele alegra e aos pobres estende a sua mão poderosa dando o seu sustento e assim sinto premiado e que seja Louvado o Cordeiro de Deus eternamente porquê ele dá aos que oram pedindo em nome Dele e assim tem feito.

Agora uma palavrinha sobre a vida espiritual de nossa igreja aqui em Nova Odessa. A Igreja é bem grande e o Pastor é um recém chegado da Letônia o Irmão Kraul, porta voz da renovação espiritual e de um reavivamento bíblico sincero, confiável servo do Senhor Jesus Cristo, esforça-se para cumprir de todo coração a tarefa que lhe foi confiada e trabalha diligentemente para trazer almas para o aprisco do Senhor, este ano foram poucos os batismos se não me engano foram somente 8 pessoas e para uma Igreja tão grande realmente os frutos foram muito poucos, mas nós temos que dar graças a Deus por estes também. A Escola Dominical tem bastantes crianças e um grande contingente de professores que gastam o seu tempo ensinando dominicalmente. Uma grande União de Mocidade com suas reuniões e durante a semana os Estudos Bíblicos, as Reuniões de apresentações diversas e ainda as Reuniões de Perguntas e Respostas. As reuniões de Oração da Igreja são realizadas nas quartas-feiras à noite, enquanto as noites dos sábados são reservadas para a meditação sobre o nosso convite e a nossa eleição fique cada vez mais forte e evidente como está escrito que nas lutas determinadas no decorrer de nossa vida possamos chegar-se a Jesus autor e consumidor de nossa Fé. Aquele que poderia permanecer na alegria em vez disso carregou a Cruz e pela vergonha não sucumbiu, marcou como exemplo e deixou as pegadas para que possamos o seguir. Então com temor e tremor lancemo-nos na luta para aperfeiçoar a nossa natureza para mais próxima da Natureza de Deus e possamos crescer na estatura semelhante à de Cristo para estarmos prontos quando no dia da Chegada Dele, porquê o fim de todas as coisas está próximo. Então não devemos dormir como aqueles outros, mas sim, acordados e vigilantes com caráter firme e determinado aguardando o grande dia da volta do Senhor, quando os céus e os elementos se queimarão, a terra derreterá levando os ímpios para o castigo eterno. Então nós que conhecemos e entendemos sejamos operosos, diligentes, sensatos, tementes a Deus, amorosos e humildes e prontos para o encontro com Ele.

Teu tio Jekabs Purens

[Escrito nas margens]
Se mais alguma coisa quiseres saber escreva e pergunte, pois de boa vontade quero escrever e responder. Se quiseres compartilhar ou contar então não mantenha no silêncio e sim abra o seu coração tanto dos problemas temporais como os espirituais. Através da Salvação do Nosso Senhor Jesus Cristo todas as coisas nos se tornam comuns.