…estou com a vida de um que vaga pelo mundo. | De Carlos Leiman para Reinaldo Purim

Joinville 10 de abril de 1922

Querido Purim

Saudações!

Hoje cheguei de Porto União e tive a oportunidade de ler a sua carta. Obrigado. Agora eu estou com a vida de um que vaga pelo mundo.

O mês passado passei entre Curitiba, Antonina, Morretes, Paranaguá e Bocuera. E mais duas semanas fui professor substituto.

Como vai o João Henkin? Lembranças à ele sim?

Esta semana passei em Porto União entre os letos dali. Vivemos momentos muito alegres quando batizei jovens letos.

Na sexta feira fiquei em Rio Negro procurando casa para morar, mas não achei. Pensei de mudar para ai, pois é mais central e o clima é mais ameno.

O campo de trabalho é grande demais e maduro para o trabalho intenso. O Deter é um grande colega de trabalho e muito democrático [ A.B.Deter missionário americano na região Paraná – Sta. Catarina].

Pensei de ir até o Rio Novo visitar os meus pais e outros velhos conhecidos. Se Deus permitir viver e der saúde então no mês de Junho pretendo visitar novamente a Sebastianópolis. [Rio de Janeiro]

Para todos vocês uma alegre e feliz Festa da Páscoa.

Com sinceras saudações.

Vosso
Carlos Leiman