…pois ele era corajoso, diligente e dava bom testemunho…| De Lucija Purim para Reynaldo Purim 1928

Rio Novo 9 de dezembro de 1928

Querido irmão. Saudações

Já longo tempo é passado que de você não temos recebido nada. Esperamos cada semana, mas nada tem chegado. Pensamos que talvez você esteja doente ou que outro motivo teria forçado a não escrever.

A última carta que recebi de você foi àquela escrita em 13 de junho e respondi a mesma no mês de outubro, mas, resposta que é bom até agora não chegou. Chegamos a pensar que alguém daqui tenha apanhado a sua carta no correio e sumido com ela. Tenho bom relacionamento com a agente do correio e ela categoricamente nega esta possibilidade, pois ela saberia que ao entregar uma carta errada ela pediria de volta e a pessoa devolveria.

Nós agora graças ao bom Deus estamos indo bem, todos com saúde e trabalhando o que cada um consegue fazer porque serviço é que não falta mesmo.
Todas as lavouras estão plantadas, quem sabe ainda plantaremos mais alguns litros de sementes de milho e então chega. Ai teremos mais do que 4 quartas plantados [Quatro quartas são iguais a um alqueire ] e em todas as partes as plantas vicejam bem. Em alguns lugares o milho já começa a pendoar (florescer) e por isso tem muita coisa para capinar porque a ervas daninha também crescem rápido. Trabalhamos todos os dias e quase conseguimos vencer. Logo teremos batatas para colher que estão bem crescidas e também batata inglesa, pepinos, cebolas então venha ajudar a comer. Também há laranjas começando a madurar, pêssegos prontos para saborear. As uvas em janeiro também estarão maduras, eu fui ao parreiral e eu nunca tinha visto tantos cachos grandes e tão bonitos. Também na horta tem muito o que colher como morangos, repolhos, nabos, beterrabas e tomates. Bem que você poderia vir ajudar a comer.

O tempo hoje está limpo e quente, mas parece que vai chover mais tarde depois do almoço, meses atrás estava muito seco e até as plantas começaram a sentir, mas agora voltou a chover normal.

O Paps contratou a derrubada dos capoeirões da Bokuvina com uns brasileiros quando na colheita pagarão a terça parte. Isto nós fizemos sem a sua autorização tendo certeza que você não vai levar por mal, pois nós mesmos não iremos lá trabalhar lá, pois temos muitos terrenos aqui bem mais perto que seria muito bom seria se que pudéssemos dar conta de tudo.

A Maria ainda está trabalhando conosco porque outros camaradas [empregados] agora é impossível conseguir então a Maria é muito útil para ajudar em tudo.

Agora nos temos 3 vacas dando leite e duas vão dar logo. Ai sim teremos leite para tomar até não poder mais. O Arturs gosta de tomar leite, mas eu não aprecio.
O Arturs te escreve? Pra mim ele escreve sempre e aqui as cartas vão e vem rápido porque é perto, ele está bem, ele engordou e quem sabe ele vem pra casa fazer uma visita.

Na semana passada tiveram ocasião os festejos do enceramento do ano letivo na Escola da Igreja. Também não haverá mais escola porque já aprenderam tudo e estão sábios e não precisam mais estudar[:A Professora da Escola era a esposa do Pastor]
.
No Domingo passado houve Festa de Batismos sendo 4 de famílias letas e dois brasileiros de Laguna: Francisco da Cruz e sua esposa. Ele é um senhor negro muito distinto e corajoso e é pena que não saiba ler, mas sabe muitas partes da Bíblia de cor … [partes ilegíveis porque a pessoa escreveu em ambos os lados do papel] .

No domingo a noite foi a despedida do Pastor Stroberg. Mas como choveu, assim mesmo havia muitas pessoas na Igreja. Agora os rio-novenses estão sem pastor de novo porque aqui ninguém consegue ficar muito tempo porque aqui todo mundo quer mandar. Em outros lugares o pastor manda na Igreja e aqui surgiram dificuldades…. [Ilegível]
.
Antigamente o Klavim era de boa paz, mas agora que o Augusto viajou e a Lida S. teve estes casos então ele passou ser insuportável nas sessões de negócios da Igreja. Sempre soube que os velhos da Igreja trocavam farpas e davam um mau testemunho nestas reuniões. Quando os problemas são muitos e não se consegue a solução teria muito que escrever, mas não convém. Sempre penso que onde fica a honra e o louvor a Deus destes rio-novenses. Parece que com este comportamento de alguns da Igreja cumprem-se as palavras de Jesus que almas virão do Oriente e do Ocidente e sentarão no meu reino, mas aqueles filhos da luz serão excluídos da sua presença.

A nós e também a alguns outros a vinda do pastor Stroberg não agradou muito, mas agora no final era tão bom que duvidamos os Rio-novenses consigam outro pastor igual, pois ele era corajoso, diligente e dava um bom testemunho e conseguia os resultados e que poderiam ser ainda melhores se houvessem mais pessoas com o ardor em testemunhar do Stroberg.

O Stroberg agora viajou para Kuritiba onde vai ficar com os parentes. Depois não está decidido para onde ele virá se para Mãe Luzia ou para Laguna ou mesmo outro lugar. As visões de trabalho pra ele são imensas com muitas pessoas interessadas na mensagem.

Recentemente trabalhou em Laguna um colportor [Vendedor de Bíblias] que ele ficou muito surpreso pela acolhida receptividade do povo desta cidade que não conhecia o Evangelho para a aceitação das Bíblias que ele vendia. Ele foi embora com as malas vazias e o coração cheio de alegria. Tomara que o Pastor Stroberg volte pra Laguna e assim em pouco tempo poderia formar-se uma boa Igreja.
Agora as lembranças do Skolmeister, da Maria da Silva, do Onofre Regis e esposa. Ainda no domingo passado esteve aqui em casa o velho Onofre e perguntou por você e eu falei que faz tempo que não temos notícias de você. Ai ele falou que uma vez você escreveu que depois de 2 anos voltaria prô Brasil. Então este seria o motivo de você não escrever.

Também lembranças do Stroberg e quanto aos demais quase não perguntam por você porque os assuntos gerais que se conversam são aqueles relacionados com a comunidade local.

Desta vez chega. Já escrevi bastante, quem sabe você nem queira que escreva tanto Então daqui em diante somente vou escrever respondendo as cartas que receber.
Lembranças do Paps, da Mamma e também de sua irmã Lucija.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s