Todos os pequenos riachos estão urrando de cheios…| De Luzija Purim para Reynaldo Purim – 1925 (última)

30 de novembro de 1925

Querido maninho! Saudações!

Recebi a tua carta escrita em 5 de novembro no dia 20. Por ela muito obrigado. Eu queria ter respondido antes por que você sempre diz que eu sou uma escritora de cartas muito preguiçosa, mas o que fazer se aqui o Correio não é tão próximo como o teu lá. Quando ninguém vai o Orleans não vale à pena, pois como não outro meio de despachar. Também agora só recebemos alguma coisa quando a gente vai lá porque o novo Agente dos Correios somente entrega as correspondências para os familiares dos destinatários. Você recebeu as cartas escritas nos dias 6 e 13 de Novembro?

Nós graças a Deus estamos indo mais ou menos bem. Tem chovido demais não permitindo assim trabalhar nas roças. Uma semana manteve-se seco e ai foi possível a queima da coivara e então recomeçou a chover e assim foi todo o dia acompanhado de vento frio e alguns dias com trovoadas. Todos pequenos riachos estão urrando de cheios e todos tafoneiros estão rindo atoa com a abundância de água.

Mas também as ervas daninhas, o mato está tomando conta por que não estamos dando conta de capinar. Também camaradas não existem para serem contratados e quando se consegue algum eles querem 3 ou 4 mil réis por dia e também a Maria não mora mais conosco, alguns meses atrás ela foi para a casa dela então os velhos não deixaram voltar por que eles próprios teriam muito serviço. Tempos depois ela voltou e ai aconteceu o azar de pegar um panarício num dos dedos da mão e agora ainda não pode trabalhar. Você quer saber como estão indo as outras pessoas, eu não sei tudo sobre todos, com estão de saúde e o que todos fazem, Doenças agora não tem ocorrido como antigamente. O Paegles esse sim esteve bem doente e passou de cama vários meses e muita gente achava que ele iria morrer, mas agora sarou e anda por todo o lado e faz alguns serviços.

Sobre o movimento dos Anderman [Pencostalismo] eu quase não sei nada, ele depois daquela vez que você esteve em casa não mais apareceu. Dizem que ele este vagando pelo Rio Grande do Sul e esteve também em Varpa e em Nova Odessa e têm pessoas que dizem que agora ele voltou para casa [Mãe Luzia] e não sabemos qual é a sua fé. Outros dizem que ele tinha aceitado o dogma dos Sabatistas e teria respeitado “o dia”, pois os Sabatistas não precisam fazer mais nada além de santificar o sábado. Bem agora chega de falar do Andermann.

Bem mas, tem mais O Emils [Anderman] tem escrito para o Alexis [Klavin] que ele não crê mais na Bíblia onde o Deus tem matado os israelitas que era o povo escolhido, mas agora ele crê somente num Deus que é somente amor. Na realidade ele não escreveu a que corrente religiosa está seguindo se ele está seguindo os Russelitas ou os comunistas. Desde quando ele morava aqui ele tinha umas idéias diferentes, veja com tudo vai abaixo quando a própria pessoa se entrega a serviço de Satanás.

A Olga recebeu uma carta da Lilia, [Purens], pois faz, muito tempo que não tínhamos notícias, se bem que esta última carta também demorou muito na viagem. Diz que toda família trabalha com afinco nas lavouras. A Alma trabalha com uma família inglesa em São Paulo e ganha 130$000 por mês. Eles nos convidam para ir passear na casa deles e dizem que se tivessem mais dinheiro viriam passear aqui, mas ainda neste ano não vai dar. Eles também te escrevem?

Bem agora tenho que terminar, pois estou com muito sono e por isso as letras estão como se um vento tivesse entrado e misturado tudo. Hoje foi um dia que o tempo estava seco e nós trabalhamos duro o dia inteiro e agora o sono aperta. Temos tanto serviço que trabalhamos a semana inteira até quando é possível. E ainda 3 vezes por semana, reuniões na Igreja. Nas sextas feiras tem a reunião de preparação dos Professores da Escola Dominical e o Zeeberg ainda é o Superintendente. Nas quartas feiras tem o Culto de Oração e durante duas segundas feiras de todo mês são noites reservadas para os jovens que querem participar dos coros e onde são dadas aulas elementares de notação musical com a finalidade de poder cantar melhor e tocar algum instrumento. Quem sabe depois disso você nos convide para cantar lá nas suas festas.

Agora vou esperar uma longa carta sua. Escreva bastante, você sabe que aqui a nós tudo interessa. Descreva a Festa de aniversário de tua Igreja que vai ser no dia 2.

Muitas e amáveis lembranças de todos de casa e especialmente da Mama.
Luzija_
__________________________________

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s