Penso ter cumprido a minha obrigação apesar de ter muitas coisas para escrever..| De Carlos Leiman para Reynaldo Purim – 1924

Paranaguá 1 de agosto de 1924

Querido Reinhold

Saudações

Eu estou em dívida com você, podes estar zangado e com razão, mas se você fosse meu companheiro de viagem mudaria de idéia. Estes dois meses estive todo tempo de viagem pelo litoral. Muito trabalho e muita luta. Uma é a minha divergência com o Cascão. Com o Deter as nossas diferenças ainda continuam. O Cascão me proibiu pregar aqui na Igreja de Paranaguá. Não deixa eu usar a lancha da Missão. Finalmente a Igreja de Paranaguá determinou que eu não pregasse na Igreja. Então o Deter autorizou-me o uso da lancha, mas de qualquer modo o Deter é um defensor incondicional do Cascão, inclusive o enviou para Rio Branco. Pessoa inconstante este Deter e também muito volúvel em suas decisões.

Mas defender os amigos mesmo que as evidências, mesmo que outros atestem o contrário, isto ele não olha e nem toma conhecimento.

Estou determinado a não ficar mais aqui muito tempo. Quem sabe até o fim do ano. E daí para Laguna talvez.

É muito difícil trabalhar com uma pessoa inconstante mesmo que ele seja amigo.

Penso ter cumprido a minha obrigação apesar de ter coisas para escrever muito mais, mas amanhã já tenho que viajar outra vez.

Escreve mais para mim, você tem mais tempo do que eu.
Saudações
Carlos Leiman

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s