Chove todos os dias e semanas inteiras. | De Arthur Leiman para Reynaldo Purim – 1922

Rio Novo 02 de Fevereiro de 1922

Querido Reini!

Primeiramente muitas e sinceras lembranças.

Estou escrevendo, não sei se recebestes a minha carta anterior ou não. Há pouco recebi as esquecidas lembranças, ou melhor, os esquecidos receberam as lembranças. Obrigado por elas também e como para aqui não será possível escrever, pois logo no fim do mês deverei estar embarcando para o Rio Grande do Sul “ ne us do Nerte. “Compreender alemão? “

Aqui estou suficientemente bem. Fiquei muito feliz por ter tido a oportunidade de ajudar esta Mocidade ficar mais próxima a sua Igreja. Com os Brasileiros, não tive oportunidade de trabalhar e a grande maioria ainda tem dificuldade com a língua.

Mas como chove aqui. Chove todos os dias e semanas inteiras. As estradas são lamacentas e as noites escuras. Ontem à noite voltando a cavalo da Igreja……. (Parte ilegível).

O Butler também esteve aqui um par de semanas.

Estou esperando o Karlos [ Leiman]. Não sei onde ele está caído ou entalado e como ele não escreve. Daí terei que ir procurá-lo. Que posso fazer, assim são os Ilustríssimos Senhores.

Teria muito que reclamar para você, mas certamente não faltarão outros melhores e mais inteligentes, nestas questões.
Escreva-me para Ramón Falcon 4.100 Bs. Airé R. Argentina.

Saúda-te o teu companheiro Arthurs Leiman
________________________________________________

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s