…tanto que os riachos começaram a marulhar… | De Lucija Purim para Reynaldo Purim – 1921

Rio Novo 5 de setembro
Querido irmãozinho!!

A tua carta escrita em 14-8-21 eu recebi no dia 26-8-21.

Muito Obrigada.

Agora que passou mais de uma semana que ela chegou. Nós estávamos em plena festa do açúcar.
Na semana passada foi muito frio e com chuvas muito fortes como faz tempo que não tem havido. Também não escrevi antes porque com um tempo deste ninguém iria para a cidade mesmo.
Quando começamos a cortar a cana no dia 18, o tempo estava bom e terminamos dia 27, estava muito quente. Na quinta feira, o Albis e o Venis Grikis vieram nos ajudar a cortar e carregar. Mas apesar do papo de serem fortes eles não conseguiam com um feixe de cana. Depois de mais acostumados quando punham um feixe de cana nas costas as pernas bambeavam. Queriam exibir as suas forças e bancar os heróis. No sábado o Albis veio com o carro de bois, ajudar a trazer cana e lenha da roça.
Na segunda feira, nós trabalhamos sós, na terça feira deu uma forte chuva com trovão forte, tanto que os riachos começaram a marulhar, na quarta feira cedo quando ainda estávamos tratando dos porcos chegou o Wilis Klavim trazendo a sua junta de bois. Ele disse que tem medo de andar com carro de bois pelos nossos morros e grotas e os bois ele trouxe eram para ajudar nas moendas.
E nós voltamos a cortar mais e ai o tempo ficou muito quente. Na quarta feira vieram nos ajudar o Natalis e a Elvira Auras Felsberg do Auggis e o Albis veio outra vez com o carro de bois dele para nos ajudar a puxar a cana da roça. Na segunda feira, o nosso rapazinho, veio nos ajudar e exatamente no meio dia chegou a Marta Klavim e outras crianças voltando da escola e trazendo a tua carta, onde, você me reservava lugar numa festa. Naquela hora todos juntos inclusive a Marta e o Natali tomamos bastante garapa. No sábado terminamos de moer e ferver. Ao todo deu 8 fornadas sendo que o último não deu bem cheio. O açúcar está enxuto e tão branco que você nunca viu igual.
Naquele domingo começou a chover e choveu a semana inteira. Esta semana está um tempo bom e estamos agora plantando cana. Hoje plantamos 1500 e amanhã vamos plantar mais.
Você realmente deve ter ficado um preguiçoso, pois nem para a festa do açúcar você não apareceu. Outra semana foi do italiano, depois foi a nossa se você tivesse vindo alguma coisa nova poderia ter contado. O italiano fez 17 fornadas. Agora chega. Tudo sobre a cana e o açúcar eu já escrevi e você talvez não tenha tempo de ler cartas tão longas. Para você que vive o dia inteiro com lápis e caneta o dia inteiro é bem diferente de nós que sabemos manejar melhor a enxada do que a caneta.
Chega. Escreva bastante de tudo em geral.
Com lembranças Lucija.
___________________________________________________

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s