Introdução a história da Família Leiman | Por V. A.Purim – 2004

Introdução a História da Família Leiman
Por V.A.Purim

Família Leimann

Tentarei fazer um resumo de alguns fatos da história da família de Júris Leimann e sua esposa Eva e mais os três filhos que nasceram na Letônia e mais o último que nasceu no Brasil –

Eles além de parentes de nossa família; a Purim: eram muito amigos e tudo que acontecia com os Leimann era muito importante tanto que o meu primeiro nome Viganth foi copiado de um filho do Fritz.

Eles moravam na Letônia próximo a Riga na estrada que seguia p/ Leste pelas margens do Daugava (Dvina) e depois seguindo por uma estrada secundária até junto as nascentes do Rio Ezerva que é afluente do Daugava em uma casa muito pobre ao lado de um lago cercado de florestas e entremeadas de charcos.

Ele ganhava a vida como serrador de tábuas e dormentes – Quando e onde pudesse encontrar o trabalho escasso e mal renumerado – Sem qualquer esperança no futuro.

Corriam notícias de que no Brasil era possível comprar terras e que as Empresas de Colonização financiavam a viagem e o assentamento…

Parte dos imigrantes tomava um vapor de Riga até Lübek na Alemanha e daí por trem até Hamburg e daí até o Brasil

Outros atravessavam a fronteira até a Prússia Oriental hoje Lituânia e daí seguiam p/Alemanha até Hamburg.

Encontramos registro da partida de Hamburg do navio “Santos” em 12/11/1891 da Cia Hamburg-Sudamerikanische com destino ao Rio de Janeiro dos seguintes membros da família Leimann:
Carl Leimann nascido em 7 de março de 1.880
Eva Leimann nascida em 1862
Fritz Leimann nascido em 18 de dezembro de 1881
Os demais como o pai Júris e o Willis nascido em 15 de abril de 1888 não encontramos na relação razão fácil de ser explicada pela dificuldade que são os livros manuscritos e difíceis de visualizar.

Ancoraram defronte a cidade de Recife onde foram descarregadas várias locomotivas em grandes barcaças e os passageiros ficaram temerosos do vapor poder virar.

No Rio de Janeiro fizeram a quarentena na Ilha das Flores e depois tomaram o Navio “Tijucas” até Laguna.
No Natal de 1891 já estavam no Rio Novo a colônia dos Letos perto da cidade de Orleans

A família Leimann acomodou-se na localidade de Rodeio do Açúcar distante uns 6 quilômetros do Rio Novo.

Faziam parte da Igreja Batista do Rio Novo e da Comunidade

Em 23 de agosto de 1895 nasceu o último filho o Artur.

A educação com os filhos era extremamente rígida chegando mesmo quando já adolescente o Carl levar uma surra por qualquer coisa que o pai achou inconveniente. O Carl fugiu de casa p/ o lado das Serras (Planalto) e enveredou no sertão até o estado do Paraná onde ficou morando.

Mais tarde o jovem Fritz resolveu seguir a carreira eclesiástica e para isso teria que estudar fora. O pai concordou com uma condição ele teria que buscar e achar e trazer o Carl para casa. Sei que levou muito tempo para que este jovem viajasse a pé através do sertão bravio infestado de feras, gente rude e até de índios e chegasse onde estava o irmão. Não quiseram voltar pelo mesmo caminho e sim se dirigiram em direção do litoral do Paraná e depois seguindo pela costa também a pé, chegaram ao sul de Santa Catarina o seu destino final onde foi feita à reconciliação do filho fugido e o pai super severo.

Todos seguiram a carreira pastoral estudando em diversos Colégios e Seminários inclusive em Buenos Ayres e no trabalho foram bem sucedidos.

Como todos estavam fora, o Fritz em 1922 resolveu vir buscar os velhinhos em Rio Novo que eram cuidados pela nossa família e essa viagem p/ a Argentina foi muito dramática, eles saíram de Rio Novo montados até Orleans e daí até Laguna de trem, de Laguna a Porto Alegre de navio, de Porto Alegre até Ijui onde morava o Willis de trem outra vez e ai que as coisas se agravaram outra vez, pois a d. Eva que já era doente ficou sem poder andar e ainda ficaram retidos em Uruguayana porque as autoridades Argentinas não permitiam o ingresso de pessoas idosas. O Fritz foi adiante e conseguiu a autorização p/ a entrada e em mais dois dias de trem chegaram ao seu destino em Ramirez Entre Rios.

Apesar dos extremos cuidados médicos, da Cristina dos netos a mudança p/ fora do seu ambiente foi difícil e logo ambos vieram a falecer.

A história dos Leimann daria um livro pela operosidade e qualidade moral de todos componentes desta família.

Brevemente estaremos publicando a história completa focalizando o Fritz Leimann e o seu trabalho. Aguardem..

Viganth Arvido Purim

Curitiba /28/05/2004

vapurim@onda.com.br

One comment on “Introdução a história da Família Leiman | Por V. A.Purim – 2004

  1. Olá, me chamo Thaise Hoff Cabral, sou bisneta do Arthuro, Filha da Sara Tabita Hoff, filha de Matilde Emília Hoff.
    Muito legal poder encontrar essa página com um pouco da minha história.

    Fico muito agradecida.
    Abraço,
    Thaise

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s