O feijão este ano, cresce estupendo… | de Lúcia Purim para Reynaldo Purim – 1921

Rio Novo 14 de abril
Querido irmãozinho!!
Primeiramente muitas lembranças. A tua carta recebi no dia 8 de abril. Muito obrigada. Agora nós estamos passando bem.
Agora o clima em relação, a temperatura, é muito instável. Alguns dias são muito quente e outros já muito frios. Outro dia teve uma forte ventania que derrubou casas por aí e ainda por cima muito frio. Este vento vinha do lado de baixo [Vento minuano].
Agora nós estamos plantando grama. No outro lado nós plantamos 11 feixes grandes. As mudas nós estamos indo buscar na casa do Limor, porque o italiano nós dá de graça.
Estendemos uma cerca de arame farpado desde a cerca de estaquetes [ripas de madeira com a ponta aguçada] até a porteira do mato e estamos enchendo de grama até lá em cima.
O feijão este ano, cresce estupendo, está subindo embaraçado cobrindo todo milho até no alto. Tomara que continue ainda quente por mais tempo para que termine de se desenvolver e assim vai dar bastante.
O milho também está com espigas bonitas e grandes. Abóboras é que não deram tantas como nos outros anos. Ontem colhemos amendoim e trouxemos para casa, mas ainda não sei quanto rendeu.
Aqueles jogos de cordas do meu violino ainda não chegaram. Se você mandou junto com os jornais é provável que amanhã, já estejam no Correio. O violino já estou tocando razoavelmente bem e naquelas músicas fáceis, eu me sinto segura. Já conheço todas notas e quando tiverem chegado as cordas então e voltarei lá nos Leiman para eles me ensinar melhor.
Gostaria muito de ter mais tempo às noites, mas quase toda noite nós temos desfiar e cardar lã e assim as noites se vão.
Na realidade gostaria de ir para uma escola de verdade, para aprender muito. Mas quem vai permitir, ou pagar?
Quais são as tuas Matérias?
A tua roupa és tu mesmo que lavas ou não?
De onde são aqueles novos seminaristas alemães?
Tem alguém de Curitiba?
No Ano passado na Convenção disseram que iam mandar, porque dinheiro, já tinham arranjado.
O Fritzis Janowski não resolveu voltar para escola? Ele continua te escrevendo ou não?
Bem por hoje chega. Quando vier a resposta, escreverei novamente. Escreva bastante porque você tem muito mais facilidade e desenvoltura para escrever do que eu..
Ainda muitas e queridas lembranças de todos nós.
Lucija.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s