Congregação de Rodeio do Assúcar, defronte à casa dos Leimann, 1916

Congregação batista de Rodeio do Assúcar (que se reunia na casa dos Leimann) em 1916. No ano seguinte Reynaldo Purim partiria para o seminário no Rio de Janeiro.

Era desta congregação que participavam os Purins e muitos de seus amigos que assinam as cartas dirigidas a ele — entre eles Robert Klavin e Artur Leimann.

Para ver uma versão maior e com a identificação das pessoas na foto, clique na imagem abaixo.



Em 1916 havia em Orleans duas igrejas batistas: uma, mais antiga, no Rio Novo propriamente dito, junto à escola, e outra na cidade de Orleans, resultado de uma separação da igreja de Rio Novo no tempo que o pastor Carlos Leimann era seu líder. Carlos Leimann seguiu pastoreando a igreja em Orleans, que tinha pelo menos duas congregações filiais: uma em Rio Laranjeiras e outra no Rodeio do Assucar, na casa dos Leimann. A igreja de Orleans (bem como seu ponto de pregação em Rodeio do Assúcar) preocupava-se mais com a evangelização dos brasileiros do que a igreja em Rio Novo; aparentemente havia sido esse o motivo da divisão em primeiro lugar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s