Pelas montanhas e vales do sul do Brasil, 6

continuação da parte 5

6

Havia chegado o sábado. Fui conhecer a cidade [de Urubici]. Vejo que a cidade foi construída na foz de dois rios; em um rio está o moinho do irmão Grikis. No outro lado, no rio maior, está uma fábrica, onde se faz comércio e beneficiamento de trigo.

Existe na cidade um bom comércio com as mais variadas ofertas, o edifício da escola, a prefeitura e uma igreja católica. Esta ainda inacabada, pequenas pousadas por toda parte. Ambos os rios convergem e se unem na cidade.

Saí da cidade, subi uma colina, sentei-me num tronco de madeira e pensei: amanhã terei que estar à frente dos filhos de Deus, então tenho que estar aos pés do Senhor antes para depois transmitir e ensinar aos outros.

Terminada a meditação sobre o preparo espiritual, tomei o caminho da residência do Irmão Grikis. O sol descambava para o poente, escondendo atrás das montanhas seu rosto resplandecente. Todos os trabalhadores se apressavam para as suas casas, o sino da igreja anunciava que os trabalhos terminaram, que cada um se prepare para o dia de repouso.

Também a senhora Grikis está com suas tarefas terminadas, assados e cozidos estão prontos. Convida:

— Por favor, venham para a mesa do jantar.

Demos graças ao Pai do Céu e saboreamos os assados. Mais uns momentos de meditação e oração, e vamos ao repouso.

No dia seguinte fomos ao culto na casa dos velhinhos. Damos inicio louvando a Deus com o hino: “Como brilha a estrela da manhã”. Fundamentamos nossa mensagem na passagem de Colossenses 3:4 — “Quando Cristo que é a nossa vida se manifestar, então também vós vos manifestareis com Ele em glória.” Em seguida foi distribuída a Santa Ceia, e [seguiu-se] agradável confraternização.

Estávamos todos felizes, porque o Senhor havia sido exaltado em nosso meio. A despedida foi demorada, mais um assunto, mais uma palavrinha. Neste momento terminou a minha visitação.

Os demais irmãos foram para suas moradas, fiquei com os velhinhos. A irmã pôs a mesa, servimo-nos os três juntos, e depois a oração final e a sincera despedida; provavelmente não nos veremos mais neste mundo. A irmã me estende uma bolsa com um farnel para a jornada e me conduzem até o portão. Mais apertos de mão — ficam com lágrimas nos olhos e nos acompanham com o olhar. Tiro o chapéu, e de longe aceno e sigo meu caminho.

Estou indo à casa dos Grikis; meu companheiro, com seu irmão Carlos, estão a minha espera. Mais uma vez as hospitaleiras irmãs põe a mesa, última vez nesta viagem. Refleti, será que haverá outra oportunidade de encontro neste mundo?

Desfrutamos mais da hospitalidade quando estamos na presença de Deus e rogamos para lá no céu nos encontrarmos na santa multidão, onde não haverá separação nem lágrimas.

Aqui também as irmãs tem preparado um farnel de viagem. Digo sincero “obrigado”: agora temos alimentação para mais de dois dias. Despedimo-nos e dirigimo-nos à casa onde pernoitamos na primeira noite; aqui temos que pernoitar também a última. Aqui ganhei fotografias: uma que retrata toda a cidade de Urubici, com seu belo vale, e outra em que apareço eu com um jornal na mão, meu companheiro Jacob Karkle com um casaco, e seu irmão Carlos, que nesta redondeza foi o primeiro leto a chegar.




Os irmãos Karklis, Carlos e Jacó, e Jacó Purim.

continua aqui >

Para ler do começo clique aqui
Pelas montanhas e vales do sul do Brasil
Por Jekabs Purens [Jacó Purim]

Publicado em série na revista “Jaunais Lidumnieks” (O Novo Desbravador), entre 1932 e 1933
Cedido por Brigitta Tamuza do “Brasiljas Latviesu Draugu Fonds”
Traduzido por Valfredo Eduardo Purim
Digitado por Lauriza Maria Corrêa
Revisão e notas por Viganth Arvido Purim

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s