Ainda verei o Brasil | Karlis Salits a Reynaldo Purim

85 Charlotte St.
12ta Junija, 18 [12-06-1918]
Rochester, M. J.

Querido Reinold,

A tua querida carta recebi. Muito obrigado. Como tu sabes as tuas cartas levo em alta conta, mas minha admiração e o meu respeito por sua pessoa se multiplicaram muitas vezes pela sua personalidade e não só por isso — e ainda mais por ter mencionado muitos e queridos nomes de pessoas amigas, aqui e ali em sua carta. As feições desses brotavam em minha mente com agradáveis recordações dos tempos passados, à medida em que eles desfilavam pela sua carta e pela minha memória.

Saúdes a todos: diga-lhes que sempre os mantenho no registro das mais gratas e queridas recordações. Ficaria muito alegre em saber mais destes nossos amigos. O que faz o teu tio Ludvig Rose? Ele ainda edita aquele jornal em língua alemã? Por favor mencione o endereço dele. Teria muito o que pedir e perguntar mas não ouso, sabendo das minhas limitações neste assunto.

Agora tenho realmente muitas atividades e trabalho. No mês passado tive de enfrentar três exames na escola noturna. Agora estou estudando a língua francesa e em compensação dou aulas de espanhol, que por aqui são muito bem pagas.

Meu irmão terminou a Universidade aqui em Rochester e está praticando na área de Química. Pode ser que depois vá para o Brasil. Quanto a minha pessoa, no que depender de mim podes afirmar a todos que ainda verei o Brasil.

Peço perdão pelo longo silêncio.

Seu

Karlis Salits

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s