Sobre aqueles perigos | Ludvig Rose a Reynaldo Purim

São Paulo, 18 de agosto de 1917

Querido Reinhold,

Desculpe por ter feito você esperar alguns dias pela resposta a sua carta. Esta semana tive que trabalhar à noite, e sobrando um tempo é com muita alegria que escrevo cartas particulares.

Aquela roupa de que você precisa só poderei mandar daqui uns dez dias. Terei que mandar lavar primeiro.

Quanto o meu trabalho na imprensa vai como sempre foi. Sobre aqueles perigos ninguém mais fala mais nada; tudo anda nos trilhos.

Se escreverdes para tua mãe, informe a ela de minha parte que recebi a carta da Olga com a fotografia de meu pai e que muito brevemente vou escrever, mas como tenho muito trabalho com o jornal, as respostas das cartas ficam para depois, para…

Amanhã…

Onde pensas passar as tuas férias, junto aos teus pais ou comigo?

Com muitas lembranças do teu tio

Ludwig Rose

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s