Cinco bois e cinco vacas | Artur Purim a Reynaldo Purim

[Sem data, mas deve ser junho ou julho]

Querido Reini,

A tua carta eu li sozinho, mas escrever não é tão fácil assim.

Eu vou muito bem. Passo o dia todo guiando os cavalos no transporte das espigas de milho. Na semana passada eu e o pai serramos umas toras para fazer tabuinhas, para [cobrir o] o abrigo das colméias das abelhas.

Fizemos, com ripas de palmito, uma cerca nova para o jardim das flores. Agora as galinhas não conseguem mais entrar. Você poderia mandar sementes de flores que aqui não existem. Aí tem flores? Aí você consegue laranjas para comer? Aqui temos muitas e fazemos “chupetas”1 todos dias.

A nossa vaca Magone [Papoula] tem um bezerro amarelo, e demos a ele o nome de “Trussi”. Agora temos cinco bois e cinco vacas.

Bem, por hoje chega. Com muitas lembranças,

Artur [Purim, na época com cerca de 12 anos de idade]

* * *

1. Chupeta. “Chupeta” é a forma de descascar a laranja deixando somente a parte branca e depois recortar um orifício na extremidade inferior, e por aí chupar todo o suco, esmagando com ambas as mãos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s