Totalmente destruídas | Ludvig Rose a Reynaldo Purim

São Paulo, 1º de junho de 1917

Querido Reinold,

Envio-te um “vale postal” no valor de 50$00. Informe-se com pessoas corretas quanto à orientação para retirar o dinheiro nos correios.

Você me pergunta como estou passando em relação ao meu trabalho na imprensa. Nossas gráficas foram totalmente destruídas no dia 11 de abril e por isso o jornal não pôde mais sair. Faz seis semanas que estou fora de São Paulo, porquê a polícia me orientou ser melhor ficar um período fora do campo de visão – em outras palavras, sumir.

Agora pessoalmente nenhum perigo mais me ameaça, mas é realmente um período difícil, com as máquinas todas destruídas temos que providenciar novas. Esperamos dentro de poucas semanas poder voltar a circular. Até lá eu estou de férias. Passo sentado os longos dias inteiros e leio livros.

Com muitas lembranças de nós todos.

Ludwig Roze

P.S. Estou juntando alguns retratos de nossa redação após o ataque para você ver como ficou.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s